7 causas principais do dente escurecido e como clarear

O dente escurecido é uma condição com muitas causas possíveis, e pode afetar tanto adultos quanto crianças.

Essa situação pode acontecer naturalmente com o tempo ou devido a outros fatores, podendo ser inofensivos ou não a saúde do dente.

Saiba mais sobre o motivo e o que pode causar o escurecimento dos dentes.

Por que os dentes escurecem?

O dente é uma estrutura óssea formada pelo esmalte, a dentina e a polpa dentária. O esmalte é a camada externa do dente, que funciona como uma barreira de proteção e não possui capacidade regenerativa.

A dentina corresponde a parte abaixo do esmalte dentário e também é a maior parte da estrutura do dente. Ela é formada por um tecido vivo cheio de tubos microscópicos altamente vulneráveis a infecções.

Além disso, ela é responsável pela tonalidade do dente. Isso garante que com o passar do tempo e a deterioração do esmalte dentário, ele vá escurecendo eventualmente.

Isso significa que a tonalidade branca do dente se esvai naturalmente com o tempo, porém, a alimentação do paciente influencia na velocidade do processo.

dente escurecido o que pode ser

Dente escurecido, o que pode ser?

Além do escurecimento natural, o dente escurecido pode ser causado por outros fatores, como por exemplo:

1. Dente escurecido por canal

O canal é um procedimento feito quando há a inflamação ou comprometimento da polpa dentária. Assim sendo, esse é um processo de desvitalização do dente.

O tratamento de canal consiste na remoção total da polpa dentária e preenchimento do dente com material restaurador.

Mas em alguns casos podem ocorrer falhas durante o processo, em que os tecidos inflamados e necrosados não são completamente eliminados.

Desse modo, devido a porosidade das camadas internas dos dentes, o sangue que ficou armazenado nesses tecidos é absorvido pelos poros dessas camadas.

Por consequência, esse sangue absorvido pode oxidar. O que leva ao dente escurecido, que nesse caso pode ser resolvido com a substituição do dente por um implante ou uso de facetas dentárias.

2. Reabsorção dentária

Essa é uma situação em que o próprio corpo destrói a raiz do dente. Esse processo pode acontecer externa ou internamente e pode levar até mesmo a perda dentária.

A reabsorção externa ocorre em qualquer parte exterior da raiz do dente, normalmente causada por impactos fortes.

Pode acontecer como luxação intrusiva (onde o dente entra na gengiva) ou extrusiva (quando o dente sai da gengiva), além da avulsão dentária (em que o dente é expulso do alvéolo).

A reabsorção interna normalmente acontece em pessoas com um histórico de pequenos impactos dentários ou cáries severas. Ela acontece quando há a reabsorção das camadas internas ao dente.

Esses dois casos podem causar o dente escurecido e caso não sejam tratados rapidamente, podem levar a queda do dente.

3. Trauma ou impactos no dente

O dente escurecido originado de colisões pode acontecer devido a reabsorção dentária ou hemorragia interna quando há o rompimento de algum vaso sanguíneo.

Essa hemorragia no dente faz ele escurecer eventualmente devido ao acúmulo de sangue em seu interior.

Em alguns casos, esse rompimento de vasos pode comprometer a polpa do dente, levando a necrose dele.

4. Consumo de cigarros

Não é mistério para ninguém que o cigarro é muito prejudicial à saúde, porém ele não afeta apenas a integridade do corpo como também pode causar danos estéticos.

A fumaça derivada do cigarro afeta a hidratação bucal, o que afeta a digestão de algumas partículas que podem permanecer presas à boca causando a halitose, além do próprio mal cheiro do cigarro.

Um dos principais elementos presentes no cigarro é a nicotina, que é um composto que possui uma alta aderência no esmalte dentário, o que é um dos motivos do dente escurecido.

Além disso, ela altera a produção da melanina, que é uma proteína responsável pela pigmentação do corpo.

Uma vez que os tecidos presentes na boca a absorvem, ela acaba causando o escurecimento deles. Esse processo é chamado de melanose do fumante.

O cigarro ainda pode aumentar a probabilidade de doenças, tanto bucais quanto do resto do corpo, desenvolvimento de câncer e até mesmo a perda dentária.

5. Dente escuro por dentro

Normalmente o dente escurecido por dentro é causado por algum tipo de hemorragia interna, reabsorção dentária ou complicações no tratamento de canal.

6. Uso de alguns medicamentos

Alguns remédios com tetraciclina (antibiótico) ou sulfato de salbutamol (broncodilatador) podem danificar o esmalte dos dentes e causar o escurecimento deles.

Da mesma forma, xaropes com alto teor de açúcar em sua composição, que apesar de não mancharem diretamente o dente, podem contribuir para o aparecimento de cáries.

7. Alimentos que escurecem os dentes

Os alimentos podem sim influenciar no aparecimento do dente escurecido, o que pode acontecer devido ao corante presente nele ou à sua acidez, que acaba corroendo o esmalte dentário.

Assim sendo, os alimentos com maior risco de comprometer a pigmentação dos seus dentes são os ácidos e os que possuem muito corante, independente de serem naturais ou industrializados.

LEIA TAMBÉM: Dentes amarelados: causas, o que fazer e como clarear

café escurece os dentes

Café escurece o dente?

Apesar de ser uma das bebidas mais consumidas no mundo, o café pode sim causar o escurecimento dos dentes.

Ele possui um pH mais baixo que o da boca, desse modo, ele acaba corroendo parte do esmalte dentário, contribuindo para a aderência de pigmentos no dente.

Além disso, a corrosão do esmalte dentário pode deixar os dentes mais sensíveis.

Dente ficando escuro

Caso perceba que seu dente está escurecendo, o ideal é procurar um dentista para identificar a causa e resolvê-la o mais rápido possível.

dente escurecendo

Como clarear o dente escurecendo?

A melhor forma de combater o dente escurecido é com a prevenção, que pode ser feita através de uma boa higiene bucal e visitas periódicas ao dentista.

Porém, nos casos onde o dente já apresenta sinais de escurecimento, o recomendado é procurar um dentista para que ele possa avaliar a situação.

Somente dessa maneira é possível obter o tratamento ideal para o seu caso e voltar a ter um sorriso perfeito.

Visitas regulares ao dentista

Como cuidado após o clareamento também é recomendado idas regulares ao dentista para efetuar a limpeza complementar, normalmente de 6 em 6 meses.

É somente por meio das limpezas periódicas realizadas por um dentista que conseguimos ter acesso aos cuidados completos, necessários para uma limpeza ideal dos dentes. Podendo também identificar e tratar possíveis problemas oriundos da higienização incompleta, como por exemplo, placas e tártaro.

Percebendo algum sinal de inadequação na higienização feita em casa, o dentista faz indicações e orientações para o melhor desempenho dela.

É por meio dessa frequência que pode-se garantir a saúde total dos dentes, prevenindo possíveis problemas que são derivados da limpeza incompleta e garantindo a saúde total dos dentes.

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

7 causas principais do dente escurecido e como clarear publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário