Aparelho ortodôntico: como funciona, modelos e preços

Ao saber que precisa usar o aparelho ortodôntico, muitas dúvidas podem surgir como quais são os modelos, porque devo usar o aparelho, qual a sua função e qual aparelho devo usar, o aparelho ortodôntico autoligado ou o móvel.

É para te ajudar a resolver essas dúvidas e outras que possam surgir, trouxemos neste texto as respostas para a maioria delas.

Conheça mais sobre o aparelho ortodôntico, como funciona, suas indicações, benefícios, tipos e preço:

O que é aparelho ortodôntico?

O aparelho ortodôntico ou odontológico, como também é conhecido, é uma das inovações odontológicas feitas para movimentar os dentes. Ele é usado em pacientes que precisam de algum alinhamento da arcada dentária, que possuem dentes tortos ou algum problema de má oclusão.

Sempre que há alguma má formação nas estruturas de nossa boca ou rosto, este tratamento é indicado. Dessa forma, ele tem a função de corrigir o encaixe da mordida e tratar de problemas bucais relacionados a essa má formação.

Ele é uma ferramenta que deve ser indicada pelo dentista especializado em ortodontia e exige o acompanhamento do profissional durante seu período de uso.

O aparelho ortodôntico além de solucionar problemas bucais também possui funções de corrigir a estética.

Muitas pessoas se sentem incomodadas com os dentes tortos ou desalinhados, e o uso do aparelho pode acabar com esse problema, por isso a questão estética é a que mais leva pessoas a buscarem pelo tratamento.

Contudo, o aparelho ainda possui outras funções, como a prevenção de doenças e a promoção de bem estar ao paciente ao final do tratamento. Quando existe algum desalinhamento, apinhamento ou alterações ósseas, nossa mordida não se encaixa perfeitamente e com isso muitos outros problemas começam a surgir.

A dificuldade para mastigar sobrecarrega os tecidos faciais e pode causar problemas de fala e até respiratórios. Sendo assim, podemos observar como a qualidade de vida do paciente é afetada pelo desalinhamento dos dentes.

Como funciona o aparelho ortodôntico?

Quando usado na fase da infância o aparelho ortodôntico possui ação preventiva, pois como nesta fase nossos ossos ainda estão em formação, o alinhamento da arcada dentária se torna mais fácil. Assim, o indicado é que tratamentos com aparelho ortodôntico comece o quanto antes.

Ele também é usado para manter os alinhamentos alcançados por outros tratamentos, nestes casos é usado o aparelho ortodôntico móvel, que normalmente é indicado após algum tratamento com aparelhos fixos.

Por isso, saiba que o tratamento ortodôntico requer um comprometimento do paciente, durante o tratamento e até mesmo após a remoção do aparelho, para que os dentes não voltem a se desalinhar.

E atualmente são vários os tipos de aparelhos ortodônticos que existem. No entanto, o tipo certo de aparelho vai depender da necessidade do paciente e do resultado que ele espera alcançar. Por isso, separamos aqui os tipos de aparelhos ortodônticos mais usados pelas pessoas.

Como saber se preciso usar aparelho?

Existem alguns sinais que podem indicar que você precisa de utilizar um aparelho ortodôntico, sendo assim, é importante atentar-se a eles.

Porém, também é importante lembrar que apenas um profissional da odontologia é capaz de dizer se o paciente realmente precisa utilizar um aparelho ortodôntico.

Desse modo, confira quais são os principais motivos que levam as pessoas a utilizar um aparelho:

  • Problemas de má-oclusão;
  • Dente encavalado;
  • Diastemas;
  • Dores de cabeça ou de dente constantes;
  • Dificuldade para higienizar os dentes.

Sendo assim, caso você possua algum dos sintomas citados acima é recomendado procurar um dentista para que ele possa confirmar se você precisa ou não utilizar o aparelho.

Qual a melhor idade para usar aparelho ortodôntico?

Alguns especialistas afirmam que a melhor idade para usar aparelho ortodôntico é após o nascimento de toda a dentição permanente, ou seja, por volta dos 12 anos de idade.

Porém, alguns especialistas julgam que a partir dos 6 anos já se pode começar o tratamento ortodôntico do paciente.

Desse modo, começar a utilizá-lo durante a infância e adolescência garante resultados mais rápidos e eficazes, pelo fato de a estrutura óssea do paciente ainda estar em desenvolvimento.

Sendo assim, o aparelho ortodôntico pode ser utilizado em qualquer idade, mesmo após a consolidação da arcada dentária do paciente.

tipos de aparelho ortodônticos

Tipos de aparelho ortodôntico

Como já mencionamos, são muitos os tipos de aparelhos ortodônticos que existem e cada um possui uma característica própria e uma função específica, por isso é importante conhecer todos os modelos antes de escolher o que irá usar em seu tratamento.

Veja a seguir os tipos de aparelhos e suas diferenças.

Aparelho fixo metálico

É o mais conhecido e mais usado, esse modelo é responsável por movimentar gradativamente os dentes alinhando sua posição corretamente. Composto por fios, bandas, braquetes e borrachinhas, ele é indicado em quase todos os tipos de desalinhamento dos dentes.

Os resultados são bem satisfatórios e o aparelho fixo metálico necessita de manutenção periódica. Suas borrachinhas podem ser de várias cores, podendo ser trocadas nas manutenções. A higienização da boca nos pacientes que usam esse aparelho exige atenção especial para evitar o acúmulo de bactérias.

Aparelho fixo estético

Uma das mais novas tecnologias no mercado odontológico, o aparelho ortodôntico estético possui braquetes transparentes, o que vem despertando o interesse de muitas pessoas. Normalmente, ele é mais usado pelos adultos, já que é um modelo mais discreto.

E o modelo ainda possui diferentes tipos, vamos mostrar aqui quais são eles e as diferenças que apresentam em relação aos outros.

Policarbonato: feito de resina plástica, ele tem braquetes maiores, quando comparado aos outros, ele também é menos resistente, e como o fixo metálico, também utiliza as borrachinhas, porém de forma mais discreta, podendo ser brancas.

Porcelana: já neste modelo os braquetes são menores e mais resistentes do que os de policarbonato e sua cor é branca e leitosa, ele também faz o uso das borrachinhas e pode ter um custo maior. Sua vantagem é que as peças do aparelho não mudam de cor durante o tratamento.  

Safira: é o modelo mais caro, mas que apresenta mais vantagens por ser de fácil limpeza e mais discreto. As peças deste modelo são como de vidro por serem feitas de porcelana monocristalina, o que as torna quase imperceptíveis nos dentes.

Aparelho autoligado

O aparelho autoligado também é confeccionado de metal, no entanto ele não precisa de borrachinhas. Em sua estrutura o fio ortodôntico fica preso no braquete, o que permite mais conforto e discrição para o paciente.

Ele também possui versões estéticas confeccionadas de porcelana odontológica ou resina que conferem a ele uma versão ainda mais agradável esteticamente

Uma das muitas vantagens desse modelo é a rapidez em seu resultado, por ele ser mais efetivo. Ele também possui versões de safira e porcelana.

Aparelho lingual

Esse modelo é o mesmo do aparelho fixo convencional, que possui os braquetes, fios e borrachinhas e é feito de material metálico. O que muda neste modelo é a posição que o aparelho é colocado, que neste caso é do lado interno dos dentes.

Nos tratamentos que usam esse tipo de aparelho, o paciente pode alinhar os dentes sem a necessidade de mostrar que usa o aparelho. Recomendado para pessoas que praticam esportes, este tipo reduz os riscos de acidentes com pancadas devido a sua posição na boca.

Alinhadores transparentes

O mais moderno entre os modelos, ele é confeccionado com ajuda de tecnologias específicas, feito sob medida e de acordo com a necessidade de cada paciente. Desta forma, eles se encaixam perfeitamente na boca, o que os torna práticos e quase que imperceptíveis.

Sua manutenção pode ser feita de acordo com as orientações do dentista. E por isso esse modelo pode ser bem vantajoso, pois não exige as várias idas ao consultório odontológico. Ele também é removível, o que pode trazer mais conforto ao paciente, e precisa ser retirado para se alimentar.

Entretanto, o aparelho ortodôntico invisível é recomendado somente em casos simples, onde o desalinhamento dentário é menor. Ele pode ser mais caro do que os outros, mas como possui muitas vantagens, o investimento vale a pena.

Expansor palatino

Pouco conhecido, o expansor palatino é usado para aumentar o tamanho do céu da boca e corrigir a mordida do paciente. Mais indicado para os tratamentos em crianças, o uso do modelo em adultos pode precisar ser acompanhado de intervenções cirúrgicas.

Aparelho móvel

O aparelho móvel é o modelo utilizado na fase de contenção, onde o paciente precisa manter o alinhamento que os outros aparelhos fizeram, e evitar que os dentes voltem à sua posição original, ou seja, ele não estimula a movimentação dos dentes.

Aparelho externo

O aparelho externo diminui as chances de extrações de dentes e de procedimentos cirúrgicos. Ele não é uma opção muito estética, porém em alguns casos é o mais eficiente, pois é capaz de moldar o desenvolvimento ósseo.

Ele consiste em um aparelho que possui peças que ficam externas à boca do paciente que são responsáveis por garantir a movimentação ortopédica da estrutura óssea do paciente.

qual o melhor tipo de aparelho

Qual o melhor tipo de aparelho?

Todos os tipos de aparelhos ortodônticos são capazes de corrigir os problemas para os quais foram desenvolvidos para corrigir.

Portanto, não há um melhor modelo universal, visto que cada um possui diferentes características. Desse modo, o melhor aparelho para você é o que se adequa melhor ao seu orçamento e que possua as características que mais te agradam.

Com a ajuda de um profissional será ainda mais simples definir qual o melhor tipo de aparelho para você. A decisão pode ser tomada pelo profissional, que, após um diálogo, é capaz de entender como é sua rotina, estilo de vida e outros fatores que possam influenciar no tratamento.

Como é feito a manutenção do aparelho ortodôntico?

O processo de manutenção do aparelho ortodôntico irá variar de acordo com o tipo de aparelho utilizado pelo paciente.

Portanto, confira como é feita a manutenção de cada tipo de aparelho:

  • Aparelho convencional e lingual, a manutenção é feita através da substituição das borrachinhas e no ajuste do fio ortodôntico;
  • Aparelho autoligado, nesse caso, por esse modelo de aparelho não utilizar borrachinhas, a manutenção é feita apenas ajustando o fio ortodôntico;
  • Invisalign, a manutenção desse aparelho geralmente é realizada na própria casa do paciente, onde ele irá realizar a troca de uma placa por outra;

Já a manutenção dos outros aparelhos é realizada através do ajuste do próprio aparelho no consultório odontológico.

Quanto tempo dura o tratamento com aparelho ortodôntico?

Essa é uma dúvida bastante recorrente entre as pessoas que irão iniciar o tratamento com o aparelho ortodôntico, porém ela não é tão simples de se responder assim.

Isso se deve ao fato de que cada caso é único, portanto não é possível afirmar um tempo certo para o tratamento ortodôntico.

Porém, mesmo que não seja possível dizer o tempo exato que irá durar cada tratamento, é possível dizer sua duração média. Portanto, geralmente o tratamento com o aparelho tende a durar em torno de 2 anos.

Cuidados com o aparelho

Ao utilizar um aparelho ortodôntico é necessário tomar alguns cuidados para garantir que não surjam complicações relacionadas à má higienização do aparelho e dos dentes.

Sendo assim, confira os principais cuidados que devemos ter com o aparelho ortodôntico:

  • Ter uma boa higiene bucal;
  • Tomar cuidado ao ingerir alimentos mais rígidos ou pegajosos;
  • Não faltar às manutenções;
  • Evitar hábitos parafuncionais.

Vantagens de utilizar o aparelho ortodôntico

Assim como dito anteriormente, o aparelho ortodôntico possui a função de corrigir desalinhamentos e outros problemas de má-oclusão.

Sendo assim, o aparelho ortodôntico consegue corrigir esses problemas e evitar a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Além disso, ele consegue combater sintomas derivados de problemas na ATM, tais como dores de cabeça ou nos dentes, quando estas são geradas por problemas de má-oclusão dentária.

aparelho ortodôntico antes e depois

 

Aparelho ortodôntico antes e depois

O uso do aparelho ortodôntico serve para corrigir diversos tipos de problemas de má-oclusão, portanto seu uso garante a possibilidade de corrigir essas complicações.

Portanto, seu uso garante que o paciente possa corrigir problemas derivados da má-oclusão o que oferece a ele a oportunidade de possuir dentes bem alinhados e livres de problemas.

Desse modo, seu uso promove vários benefícios além do alinhamento dos dentes, tais como melhoria na respiração e mastigação, bem como o alívio de possíveis dores provocadas por problemas na ATM.

Dúvidas frequentes sobre o aparelho ortodôntico

É comum que os pacientes tenham dúvidas a respeito do tratamento odontológico, portanto, iremos responder algumas das perguntas mais comuns a respeito do aparelho ortodôntico. Confira:

É possível utilizar fio dental com aparelho fixo?

Sim, é possível. O uso do fio dental pode ser dificultado pela utilização do aparelho, porém não é impossibilitado. Isso se deve ao fato de existirem acessórios para auxiliar na utilização do fio dental, tais como o passador de fio dental ou o fio dental com ponta rígida.

Isso se deve ao fato de que a utilização deles garante maior facilidade ao paciente para o paciente inserir o fio dental no espaço entre o fio ortodôntico e os dentes para utilizá-lo.

Quanto mais cedo se iniciar o tratamento mais fácil é de se obter os resultados esperados?

Sim, o tratamento ortodôntico é mais simples de ser realizado quando iniciado mais cedo, durante a fase da infância ou adolescência.

Isso se deve ao fato de que durante esse período os ossos da face ainda estão em desenvolvimento, o que permite que as alterações sejam feitas com maior facilidade.

Utilizar o aparelho dói?

A dor relacionada ao uso do aparelho ocorre nos primeiros dias após a troca dos alinhadores invisíveis ou após a manutenção do aparelho fixo.

Esse incômodo geralmente costuma durar apenas alguns dias e após esse período o paciente utiliza o aparelho sem nenhum desconforto.

O uso do aparelho trás restrições alimentares?

Não, apesar de que muitas pessoas acham que o fato de utilizar aparelho faz com que você deixe de comer certos alimentos.

Porém, isso não é verdade, de fato existem alimentos que podem danificar o aparelho com maior facilidade, mas isso não impede você de comê-los.

Desse modo, na hora de ingerir alimentos que possam danificar o aparelho, é importante tomar cuidado para evitar que ele danifique o aparelho.

aparelho ortodôntico preço

Aparelho ortodôntico valor?

O preço do aparelho ortodôntico pode mudar de acordo com vários fatores, como região em que se realiza o tratamento, onde vai fazê-lo e o tipo de aparelho. Além disso, durante todo o tratamento você vai precisar investir seu dinheiro, nas suas diferentes fases.

Em média, o custo do aparelho convencional é de R$ 500,00 (quinhentos reais) a R$ 1000,00 (mil reais), e dos modelos estéticos de R$ 1000,00 (mil reais) a R$ 2500,00 (dois mil e quinhentos reais).

Mas esse não será seu investimento total, pois o tratamento também necessita da documentação para colocar o aparelho e das manutenções e acompanhamento com o dentista, que não estão incluídas nestes valores. 

Por isso, antes de iniciar o tratamento faça uma pesquisa sobre o quanto vai precisar desembolsar, normalmente os planos oferecem descontos quando todo o tratamento é feito por ele, o que os permite ser mais em conta.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários.

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Aparelho ortodôntico: como funciona, modelos e preços publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário