Borrachinha de aparelho: conheça mais sobre o charme do tratamento ortodôntico

Borrachinhas de aparelho são vistas com bons e maus olhos pelos pacientes que passam e vão passar por um tratamento odontológico. Se encontram disponíveis em várias cores diferentes, podendo compor várias combinações.

No entanto, além do fator estético que divide opiniões, as borrachinhas possuem uma função importante por trás de seu uso. 

Conheça aqui as demais propriedades das borrachinhas de aparelho, suas funções, cores mais usadas e como higienizar corretamente:

Qual a função da borrachinha de aparelho?

A borrachinha, o elástico ou ligadura que compõem o aparelho, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é responsável por executar uma das principais funções do aparelho durante o tratamento ortodôntico

São as borrachinhas as responsáveis por prender ou conectar realizando pressão no fio metálico ortodôntico aos braquetes. Em suma, estão por trás da ativação dos movimentos da arcada dentária.

Dessa forma, uma vez sobrepostas as peças metálicas do aparelho, permitem que haja a movimentação correta de todos os componentes da arcada dentária, e no fim do tratamento, uma mordida correta e alinhada.

Por fim, as cores da borrachinha só visam “melhorar a estética” do aparelho, uma vez que existe a opção delas serem transparentes.

cores de borrachinha de aparelho

Quais são as cores de borrachinha de aparelho disponíveis?

As cores de aparelho são encontradas em todas as cores primárias e na maioria de suas variações. Desde de cores e tonalidades mais claras até mesmo as mais escuras. É um cenário comum no consultório odontológico que os pacientes fiquem confusos sempre que tem a oportunidades de trocá-las na manutenção.

Essa variedade quanto a paleta de cores permite que se adapte a variedade de perfis que são encaminhados ao tratamento odontológico. No entanto, a escolha da borrachinha deve levar em conta não apenas o estilo, mas também a alimentação e a qualidade da higiene bucal da pessoa.

As borrachinhas de aparelho e seu impacto estético

O aparelho odontológico fixo, em si, possui um forte impacto estético, já que é composto por várias peças: os braquetes, os arcos, as bandas, os tubos e as ligaduras elásticas.

Os elásticos coloridos vem conter a forte presença metálica do aparelho, e assim, fazer com que o seu uso seja melhor aceito pelo paciente. 

Muitas pessoas se abdicam do uso do aparelho, justamente por causa de sua aparência no dente, e as borrachinhas vem como uma certa motivação para a sua adesão necessária.

Lógico que com leque maior de modelos de aparelho, esse não seria o principal problema, contudo, o aparelho fixo é o modelo mais em conta e comumente o mais indicado pelos dentistas.

Borrachinha de aparelho, cores mais usadas?

As cores mais usadas pelos usuários adultos de aparelho fixo geralmente ficam pelas tonalidades mais escuras, como preto, azul, roxo, verde e cinza, e por meio das claras menos visíveis, como as brancas e as transparentes. 

No entanto, deve-se atentar quanto ao uso das borrachinhas de cores claras, já que são as que mancham mais facilmente, deixando assim de ser discretas com o tempo de uso.

Logo, os modelos mais discretos são vistos como os favoritos pelos adultos, sendo uma opção para suavisar ainda mais o fator estético. Já para as crianças e pré-adolescentes, prevalece a escolha por cores mais vivas, como rosa, lilás, certas tonalidades de azul e vermelho.

LEIA TAMBÉM: Cores de borrachinha de aparelho: conheça as melhores cores

Qual o motivo da manutenção da borrachinha?

A manutenção das borrachinhas geralmente é feita de 30 em 30 dias para que haja o rompimento, levando em conta que essa ocorrência pode comprometer o sucesso do tratamento.

Considerando que faz parte da ativação dos movimentos do aparelho, a borrachinha está por trás de um dos papéis principais no tratamento. Logo, para que essa função e o tratamento em si sejam eficientes, o material deve ser de boa qualidade. É importante que possua resistência e firmeza para que consiga exercer força ou pressão pelos 30 dias até a nova manutenção.

Além da prevenção a perda de força e desgaste pelo uso, as frestas da borrachinha tendem a ser locais propícios para o acúmulo de restos de alimentos, que no futuro podem resultar na placa bacteriana. 

Outro motivo para a realização da troca regular das borrachinhas é o fato de elas se desbotarem com o tempo, assumindo uma aparência anti-higiênica e de estética negativa. Além do desgastes, ligaduras de cores claras tendem a mancharem facilmente pela ingestão de alimentos bem pigmentados.

Por fim, o período médio entre as manutenções está entre os 25 e 35 dias, procurando não exceder esse prazo. Deve-se ter em mente que caso um imprevisto ocorra, como caso a borrachinha solte, o período pode ser ignorado, requerendo uma visita ao dentista o quanto antes. Os cuidados quanto a higiene bucal e alimentação também são fatores decisivos para a ida precipitada a clínica odontológica.

Aparelhos que não possuem borrachinhas 

Com o passar do tempo, e com cada vez mais novas tecnologias adentrando o mercado odontológico, vários outros modelos de aparelho surgiram como uma alternativa ao fixo. Esses modelos buscam proporcionar um melhor impacto estético e mais conforto ao paciente pela abdicação das borrachinhas.

Um desses modelos é o aparelho autoligado, que por sua vez possui uma cobertura que abre e fecha e prende de forma direta o fio metálico ao braquete. Outra opção ao aparelho fixo são os alinhadores invisíveis, que por sua vez são formados por placas invisíveis e similares as moldeiras utilizadas para clareamentos dentais. 

Por sua vez, o uso desses alinhadores é feito em sequência, sendo um novo modelo entregue ao paciente de acordo com as alterações nos movimentos dentários.

borrachinha de aparelho cores

Higiene bucal adequada

Considerando o bom estado das borrachinhas de aparelho, a higiene bucal deve se mostrar ainda mais precisa e completa. Usuários de aparelho que não realizam uma boa higiene bucal ficam suscetíveis não só a má aparência do aparelho e dos dentes, mas também aos problemas bucais advindos da formação de placas bacterianas.

A escovação deve ser feita ao menos 2 vezes ao dia, abrangendo todas as regiões que a escova tem acesso. Uma vez que o aparelho dificulta a escovação, deve-se ainda superestimar o uso de um fio dental específico e de um enxaguante bucal.

A passagem do fio dental pode ser mediada por um passa fio, além de que o bochecho com o antisséptico deve ser feito por pelo menos 30 segundos. Para quem está passando por um tratamento ortodôntico, deixar de lado uma dessas fases pode colaborar com o desenvolvimento de bactérias e assim problemas mais graves como as cáries e a doença periodontal.

Visitas regulares ao dentista

Assim como uma higiene bucal bem feita é essencial para o sucesso do tratamento ortodôntico, é assim para visitas regulares ao dentista. Além da manutenção e da correção de falhas no aparelho, é por meio dessas visitas que o dentista é capaz de detectar algum outro problema ou anomalia na zona bucal.

Logo, é por meio desse contato que se consegue detectar essas complicações em suas fases iniciais, encaminhando o paciente para o tratamento precoce mais indicado.

Por fim, tenha em mente que para uma saúde bucal livre de problemas você deve realizar uma ação preventiva eficiente. 

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Borrachinha de aparelho: conheça mais sobre o charme do tratamento ortodôntico publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário