Cirurgia para levantar a mama: antes e depois e valor

A cirurgia para levantar a mama é um dos procedimentos estéticos cirúrgicos mais desejados pelas mulheres.

Conheça o procedimento, como funciona, indicações, benefícios, cuidados, contraindicações e quanto custa:

O que é cirurgia para levantar a mama?

Os seios caídos são uma das principais insatisfações que as mulheres possuem com o corpo. O caimento dos seios pode ser causado por vários motivos, sendo os principais  a gestação, amamentação, alterações de peso e aumento de idade.

Para levantar as mamas a paciente pode recorrer a uma cirurgia específica, chamada mastopexia ou lifting de mama. A cirurgia é feita pela remoção do excesso de pele e flacidez, remodelando o tecido mamário natural para promover uma maior firmeza.

Dessa forma, pela cirurgia, há a melhora da autoestima e da autoconfiança da paciente. O efeito final e os benefícios da técnica irão depender do volume natural que será usado para o nivelamento.

Na maioria dos casos, o resultado da técnica é bastante satisfatório, deixando os seios com o colo preenchido.

É o cirurgião plástico, o profissional capacitado para a realização do procedimento.

cirurgia levantar mama

Quando o procedimento é indicado?

O levantamento de seios é indicado para mulheres que possuem a autoestima abalada por terem seios caídos.

Uma vez que a mama está caída e flácida, a paciente pode recorrer ao procedimento para reerguer a estrutura. Pelo procedimento os seios assumem um aspecto firme e natural.

Para poder se submeter ao procedimento, é necessário que a paciente passe por uma avaliação do cirurgião plástico, que pode identificar possíveis contraindicações. É esse procedimento que fará o diagnóstico e dará a palavra final, se o procedimento é ou não viável.

O procedimento em geral é feito após os 35 anos de idade, considerando as possíveis causas.

LEIA TAMBÉM: Cisto no pescoço: o que é, causa e formas de tratamento

Como funciona a mastopexia?

A cirurgia para levantar mamas é baseada na remoção dos excessos de revestimentos dos seios, resultantes do ganho de flacidez. Dessa forma, a pele ganha mais elasticidade. É pela ausência de sobras que a mama fica firme novamente.

Para esse efeito, o profissional realiza até três incisões nas mamas. A primeira é semicircular, envolvendo a aréola. Já a segunda é vertical, fazendo o ligamento da aréola até a base dos seios. Por fim, é removida uma boa parte da pele por um corte feito em direção a linha inframamária, quando necessário.

Assim, há a união das brechas deixadas por sutura, fazendo com que os seios sejam remodelados. É muito importante que o procedimento seja feito por um profissional capacitado, que irá solicitar a realização de exames para a análise do quadro de saúde.

Essa cirurgia geralmente dura de 2 a 3 horas, dependendo do tamanho dos seios e da extensão de pelo a ser removida. Para evitar que o paciente sinta algum tipo de dor ou incômodo, o profissional pode fazer a aplicação de anestesia local com sedação, de uma anestesia geral ou peridural.

A mastopexia pode estar ou não associada a colocação de próteses, em que além de levantar os seios, o cirurgião faz a colocação de próteses para o aumento de volume.

Cirurgia para levantar a mama antes e depois, quais os cuidados?

Antes e depois do procedimento, é necessário que a paciente siga alguns cuidados para que se tenha uma boa experiência pós-operatória e para que se evite complicações.

Antes da sessão, para a prevenção do aparecimento de seromas, hematomas, infecção, deiscência de pontos e necrose na pele e aréola, o paciente é orientado a:

  • Não consumir bebidas alcoólicas, drogas e tabaco;
  • Realizar um jejum de 8 horas – incluindo de água;
  • Não fazer refeições pesadas na véspera da cirurgia;
  • Informar a equipe médica em caso de gripe ou indisposição

Após o procedimento, a paciente poderá ingressar para casa no dia seguinte, após ficar internada por 12h. Já em casa, é necessário um repouso por 15 dias subsequentes. Deve-se ainda fazer o uso de um sutiã pós-cirúrgico por 1 mês, além de evitar esforço por 2 semanas.

Entre demais cuidados necessários depois da sessão envolve a realização de drenagens linfáticas periódicas, começando já na primeira semana para redução do inchaço e remodelação das cicatrizes. Evitar deitar de bruços ou de lado, já que leva a movimentação da área operada, não carregar peso e movimentar muito os braços no primeiro mês estão entre as recomendações.

O banho completo poderá ser tomado após 24h, e a retomada dos exercícios depois de 30 dias, com recomendações.

Considerando todos os cuidados necessários, os resultados finais da mastopexia podem ser visíveis após cerca de 12 a 18 meses, considerando a recuperação de sintomas como inchaço e cicatrização.

cirurgia para levantar a mama preço

Contraindicações

A técnica de levantamento da mama tende a ser contraindicada para mulheres que ainda pretendem ter filhos, uma vez que a cirurgia pode comprometer a amamentação.

LEIA TAMBÉM: Sardas no rosto: o que são e como surgem?

Quais os benefícios da cirurgia para levantar a mama?

As vantagens da mastopexia estão relacionadas justamente ao benefício estético.

Após a cirurgia, é perceptível a melhora da autoestima, o ganho de confiança e como a paciente passa a se sentir melhor consigo mesma.

Assim sendo, há uma melhora significativa do bem-estar e da qualidade de vida.

Quanto custa a mastopexia?

O valor de uma mastopexia é bastante variável, dependendo do profissional escolhido e localização.

Em média, o preço da cirurgia fica entre R$ 4.000 (quatro mil reais) R$ 7.000 (sete mil reais). 

Deixe um comentário