Confira aqui o que é bom para dor de dente

Quando sentimos dor de dente a primeira coisa que nos vem à cabeça é procurar o que é bom para dor de dente para aliviar a dor o mais rápido possível.

Por isso separamos aqui o que é bom para dor de dente e algumas das principais causas da dor de dente. Confira tudo isso no nosso artigo abaixo:

causas da dor de dente

Causas da dor de dente

A dor de dente é uma situação bastante incômoda na qual quase todas as pessoas irão sentir em algum momento da vida.

Ela em si não é uma complicação, mas ela indica que há algo de errado com saúde bucal. Desse modo, a dor de dente é um sintoma de alguma complicação bucal.

Sendo assim, ela pode ter várias causas, desde algum impacto até algum tipo de infecção. Portanto, confira quais são as principais complicações que causam a dor de dente:

Cárie

A cárie no dente é um tipo de infecção bucal causada por bactérias que habitam normalmente na boca. Ela é causada pelo acúmulo dessas bactérias, que normalmente acontece devido a partículas de alimentos que ficam presas aos dentes.

Esse acúmulo de partículas de alimentos faz com que as bactérias se acumulem, e esse acúmulo de bactérias forma uma película sobre os dentes chamada placa bacteriana.

O processo de fermentação dessas partículas de alimentos pelas bactérias resulta na formação de um ácido que corrói as estruturas dentárias.

Sendo assim, esse processo de corrosão dentária por bactérias é denominado cárie. Essa corrosão inicialmente atinge somente a camada de esmalte, portanto nos períodos iniciais a cárie não causa nenhum sintoma além da formação de pontinhos pretos no dente.

Porém, quando a corrosão atinge as camadas mais internas do dente, ela causa dor de dente e um aumento da sensibilidade dentária, além de dor e inchaço gengival.

Impactos

Assim como sofrer algum trauma em alguma região do corpo, seja ele devido a quedas ou impactos, causa bastante dor, os impactos que atingem os dentes também.

No caso dos dentes, o impacto pode causar apenas dor devido ao impacto, assim como também pode causar uma fratura dentária ou algum dano à raiz do dente.

Os impactos podem ocorrer durante práticas esportivas ou devido a algum acidente no cotidiano do paciente.

Nascimento do siso

O dente do siso nascendo é responsável por causar uma série de sintomas, tais como dor de dente, desalinhamento dentário, pericoronarite e algumas vezes até mesmo cáries.

A dor de dente causada pelo nascimento do siso normalmente é derivada do fato de o siso empurrar os outros dentes em busca de espaço para nascer.

Pulpite

A pulpite, também chamada de inflamação da polpa dentária, possui como principal causa a progressão das cáries, mas também é possível que ocorra devido a algum dano na polpa dentária causado por algum tratamento odontológico defeituoso ou trauma anterior.

Ela pode ocorrer de duas maneiras, sendo aguda ou crônica. A pulpite aguda geralmente é formada por algum tipo de dano causado na polpa dentária, seja de traumas ou do avanço das cáries.

Já a pulpite crônica ocorre devido a uma degradação que ocorre de forma progressiva e lenta nos dentes.

o que e bom para dor de dente

O que é bom para dor de dente?

Assim como foi dito anteriormente, quando sentimos algum tipo de dor sempre procuramos alguma maneira para aliviar essa dor.

Sendo assim, a dor de dente também faz com que procuremos o que é bom para dor de dente. Dessa maneira, confira algumas dicas de como aliviar a dor de dente:

Compressa fria

A compressa fria ajuda a reduzir a inflamação e o inchaço, além de contribuir para reduzir a dor de dente. Isso ocorre devido ao fato de a compressa fria contribuir para reduzir o fluxo sanguíneo, o que contribui para reduzir o inchaço e também possui um efeito analgésico que contribui para a redução da dor.

Para utilizar a compressa fria, basta colocá-la no rosto sobre a região da dor de dente e deixá-la no local por alguns minutos.

Caso não possua uma compressa, também é possível colocar gelo sobre a região, porém, para evitar queimaduras causadas pelo gelo, é recomendado envolvê-lo em uma toalha.

Esse processo pode ser repetido algumas vezes no dia, porém é recomendado sempre tomar cuidado com o tempo que a compressa fica sobre a pele para evitar queimaduras.

Bochecho com água morna e sal

A água morna com sal é uma ótima maneira de aliviar a dor de dente quando ela é causada por infecções. Isso ocorre devido ao fato de que essa solução é um ótimo antisséptico natural, portanto, ela auxilia no combate à bactérias.

Sendo assim, caso você desconfie que sua dor de dente é causada por alguma infecção no dente, essa é uma ótima maneira de aliviar a dor.

Para utilizar essa solução, basta dissolver uma colher de sopa de sal em um copo com água quente, feito isso, basta colocar pequenas porções na boca e bochechar por alguns segundos.

Bochecho com chá de gengibre e própolis

O gengibre é uma raiz que possui ótimas propriedades anti-inflamatórias e o própolis é um ótimo cicatrizante e antibacteriano natural, o que faz com que o conjunto dessas duas substâncias seja uma ótima maneira de combater a dor de dente.

Portanto, para utilizar essa combinação, basta adicionar algumas gotas de própolis em uma xícara de chá de gengibre e realizar o bochecho. O bochecho pode ser realizado até 2 vezes ao dia.

Cravo-da-índia

O cravo-da-índia é um ótimo analgésico e antisséptico, sendo assim, tanto ele quanto seu óleo são ótimas maneiras de combater infecções e inflamações, além de aliviar a dor.

Ele pode ser utilizado de duas formas, seja o óleo ou o cravo em si. Para utilizar o óleo, basta aplicá-lo diretamente sobre o dente que está doendo.

Já o método que utiliza o cravo em si se baseia no ato de morder o cravo com o dente que está doendo.

Remédios de venda livre

Existem alguns remédios que podem ser adquiridos por qualquer pessoa sem o uso da receita médica. Dentre esses medicamentos, é possível citar alguns analgésicos e anti-inflamatórios, como Dipirona e Ibuprofeno.

Porém, é importante lembrar que a automedicação não é recomendada, portanto, não deve-se utilizar os remédios como forma de tratamento definitiva.

Visitas regulares ao dentista

Apesar de essas serem ótimas maneiras de se aliviar a dor de dente, não é recomendada utilizá-las como forma definitiva de tratamento para a dor de dente.

Isso se deve ao fato de que elas não substituem o diagnóstico de um dentista, visto que só por meio dele é possível descobrir a causa e tratar a dor de dente.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Confira aqui o que é bom para dor de dente publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário