Coroa dentária: quais os tipos e suas características

A coroa dentária é um tipo de prótese fixa unitária que possui a função de substituir um único dente perdido do paciente.

Ela também pode ser feita de diversos tipos de materiais no qual cada um é responsável por garantir características diferentes à coroa.

Confira mais a respeito da prótese dentária no artigo abaixo:

coroa dente

O que é coroa dentária?

A coroa dentária é um tipo de prótese fixa unitária utilizada para repor um dente faltoso ou substituir a coroa de um dente ainda presente, com isso ela consegue devolver ao paciente sua boa estética e as funções que antigamente eram proporcionadas pelo dente natural.

Por se tratar de uma prótese unitária, geralmente ela é utilizada para repor um único dente faltoso, portanto, ela não é recomendada caso o paciente tenha perdido vários dentes.

Isso se deve ao fato de que a coroa dentária é fixada sobre um implante ou sobre um dente que está com sua coroa danificada.

Desse modo, ela é utilizada para substituir apenas um ou alguns poucos dentes faltosos. No caso de vários dentes faltosos, é recomendado optar por uma prótese parcial removível ou uma total.

Como colocar coroa no dente?

A coroa no dente é utilizada para fortalecer a estrutura de um único dente que está com sua estrutura desgastada ou substituir um único dente faltoso.

Pelo fato de essa prótese se tratar apenas da coroa, que é a parte do dente que fica sobre a gengiva, é necessário que exista um suporte para fixá-la.

Normalmente esse suporte é um implante dentário ou o próprio dente que está com sua coroa original desgastada. Portanto, quando não há resquícios do dente sobre os quais ela pode ser fixada é necessário fazer a instalação de um implante dentário.

O implante dentário consiste em uma estrutura que assemelha-se a um pino que é fixada no osso de sustentação do periodonto.

Ele é fixado por meio de uma cirurgia que consiste em sua inserção e fixação no osso de sustentação, no local onde antigamente ficava a raiz do dente.

Desse modo, o implante dentário possui a função de atuar como se fosse uma raiz artificial para a prótese dentária.

Após sua instalação, é necessário que o paciente aguarde um período que é necessário para que o implante passe pela osseointegração, que é processo onde há a consolidação de sua fixação.

Sendo assim, a coroa dentária só pode ser instalada após a osseointegração, no caso dos implantes, ou caso o dente danificado ainda possua uma raiz saudável e uma estrutura forte o suficiente para suportá-la.

Logo, após os requisitos necessários para a instalação da coroa dentária, ela é cimentada sobre o resto do dente ou sobre o implante dentário.

Tipos de coroa dentária

Atualmente, a coroa dentária possui diversos tipos de materiais que podem ser utilizados para confeccioná-las, e cada um desses materiais oferece ao paciente diferentes características.

Sendo assim, cada uma delas garante ao paciente diferentes vantagens e desvantagens, e também possuem preços diferentes.

Portanto, confira abaixo os diferentes tipos de coroa e quais as características de cada um deles:

coroa provisória

Coroa dentária provisória

Assim como o nome sugere, esta é uma coroa provisória, ou seja, ela é utilizada apenas temporariamente, geralmente durante o período em que a prótese definitiva está sendo confeccionada.

Assim como dito anteriormente, ela é utilizada durante o tempo em que a prótese definitiva está sendo confeccionada, portanto, ela necessita ser feita de algum material que ofereça a possibilidade de ser confeccionada rapidamente.

Desse modo, a coroa provisória é feita utilizando uma combinação de acrílico e aço inox. Isso permite que ela possa ser construída rapidamente no próprio consultório conforme a necessidade.

Logo, ela é uma maneira que o paciente possui de repor rapidamente algum dente danificado ou perdido para que ele já saia do consultório já com o dente substituído.

Por se tratar de uma prótese provisória, ela não possui muita resistência e nem é muito durável, mas não é necessário, visto que ela só é utilizada até a fabricação da prótese provisória ser concluída.

coroa de resina

Coroa de resina acrílica

A coroa de resina é feita de uma resina acrílica. Esse material não é muito conhecido por sua resistência, portanto ela não é uma boa opção para quem procura uma prótese durável.

Porém, apesar de não possuir uma ótima durabilidade, ela possui uma estética agradável e possui um ótimo preço. Isso faz com que ela seja uma ótima opção para quem procura uma boa prótese com uma boa estética e um baixo custo.

coroa metálica

Coroa metálica

A coroa metálica é um tipo de coroa dentária que é confeccionada de uma liga metálica, e portanto, garante ao paciente todas as características que o metal confere.

Desse modo, a prótese metálica oferece ao paciente toda a resistência e durabilidade que o metal proporciona. Porém, apesar de ser extremamente resistente e durável, essa prótese possui uma estética que não é muito agradável.

Isso se deve ao fato de o metal contrastar muito com a cor dos dentes originais, isso faz com que ela normalmente seja utilizada para substituir os dentes traseiros como os molares.

Desse modo, por mais que ela seja um modelo com ótimas propriedades, ela acaba não sendo muito utilizada por conta de sua estética.

coroa de porcelana

Coroa de porcelana

A coroa de porcelana é feita de porcelana odontológica, que é um material muito utilizado na odontologia atualmente. Isso se deve ao fato de ela possuir uma ótima resistência e durabilidade, enquanto possui tudo isso alinhado a uma ótima estética.

Desse modo, além de suas ótimas propriedades físicas, a porcelana também consegue replicar várias propriedades estéticas dos dentes naturais, o que permite que ela possa assemelhar-se bastante ao dente natural.

Portanto, essa é uma opção que combina boas propriedades físicas com uma ótima estética. Porém, essa qualidade vem com o custo de possuir um valor mais alto que as outras opções.

Cuidados com a coroa dentária

A coroa dentária é uma prótese unitária que visa substituir os dentes faltosos, e assim como as demais próteses, ela necessita ser bem cuidada para que ela possa durar o maior tempo possível.

Portanto, a fim de manter a prótese bem cuidada, é necessário que o paciente mantenha os bons hábitos de higiene bucal, com a utilização do fio dental e mantendo uma boa escovação dos dentes.

Isso se deve ao fato de que mesmo tratando-se de um dente artificial, ele ainda pode acumular resto de alimentos e, assim, contribuir para a proliferação de bactérias, o que pode acabar sendo motivo do início de alguma complicação bucal.

Além disso, durante o período em que o paciente está com a prótese provisória ou logo após a instalação da prótese definitiva, o dentista provavelmente recomendará que o paciente tome alguns cuidados adicionais.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são essenciais para que o paciente possa realizar o acompanhamento da prótese dentária, de modo que caso ocorra alguma complicação o dentista pode intervir.

Por meio delas também é possível realizar a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e também é responsável por realizar a raspagem de tártaro.

Além disso, elas também servem para que o dentista possa orientar o paciente a respeito de bons hábitos de higiene bucal. Essas visitas para efetuar a profilaxia devem ser realizadas 2 vezes ao ano, ou seja, num intervalo de 6 em 6 meses.

Elas também permitem que o dentista possa identificar a existência de qualquer tipo de complicação relacionada à saúde bucal e tratá-la logo em seu início.

Dessa maneira, o paciente pode resolver esses problemas o quanto antes, evitando que eles se tornem complicações mais severas e dificultem seu tratamento.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Coroa dentária: quais os tipos e suas características publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário