Dente no céu da boca: confira mais a respeito dessa condição

O dente no céu da boca é um tipo de problema que não é muito comum de acontecer, porém pode acarretar vários riscos para o paciente.

Dessa maneira, ao perceber a presença de um dente nascendo no céu da boca é importante procurar ajuda profissional.

Sendo assim, confira mais a respeito do dente no céu da boca no artigo abaixo:

O que é dente no céu da boca?

O dente no céu da boca se trata de uma complicação em que há o nascimento de um dente no palato do paciente. O nome dado a essa condição em que o dente nasce fora do local onde deveria ter nascido chama-se erupção ectópica.

A erupção ectópica é o nome dado aos casos onde o dente nasce fora da posição onde deveria ter nascido. Desse modo, ela também diz respeito a dentes que nasceram em outras posições além do céu da boca.

Dente no céu da boca sintomas

O dente no céu da boca é um dente que se encontra posicionado completamente fora da arcada dentária, sendo um dente a mais que geralmente se encontra no pala duro ou mole.

Inicialmente essa condição pode parecer inofensiva, porém ela pode acabar resultando em complicações na fala e alimentação.

Sendo assim, confira mais sobre as possíveis complicações geradas por essa condição:

Problemas na fala

O posicionamento incorreto dos dentes pode atrapalhar a dicção e fala da pessoa. Desse modo, a pessoa que possui o dente no céu da boca pode apresentar dificuldades para falar corretamente.

Dificuldade para se alimentar

O ato de se alimentar exige que certas funções da boca estejam funcionando da maneira correta para que tudo ocorra do modo certo.

Sendo assim, é importante que todas as estruturas estejam em bom estado para que não haja nenhum incômodo para o paciente.

Desse modo, o dente no céu da boca, por se tratar de um dente na posição incorreta, pode acabar gerando incômodos ou até mesmo atrapalhando o processo mastigatório.

Problemas com a higiene bucal

Manter uma boa higiene bucal é fundamental para evitar complicações derivadas do acúmulo de partículas de alimentos e bactérias. Porém, quando há a presença de algum dente fora da arcada dentária, o processo de limpeza pode ser afetado.

Isso acontece pois o dente no céu da boca pode atrapalhar a escovação e o uso do fio dental do dente que se encontra fora da arcada.

Desse modo, pelo fato de não ser possível higienizá-lo da maneira correta, ele pode acabar sendo motivo do surgimento de problemas bucais, como a cárie no dente.

Por conta disso, é importante procurar resolver esse problema o mais rápido possível para evitar possíveis complicações

O que pode causar o dente nascendo no céu da boca?

O dente no céu da boca é uma complicação que pode ser causada por alguns fatores geralmente associados à hereditariedade.

Sendo assim, quando não há espaço suficiente para o nascimento do dente, ele pode acabar não nascer ou nascer em lugar errado.

A falta de espaço pode ser causada por dois fatores, que são:

  • Coroas dentárias muito grandes;
  • Perda dos dentes de leite muito cedo.

Portanto, é bastante comum que a falta de espaço na arcada dentária resulte no mal posicionamento dos dentes ao nascer ou no apinhamento dentário.

Além disso, também é bastante comum que o dente no céu da boca seja causado pela presença de tumores e cistos.

como tratar

Como tratar?

O dente no céu da boca pode ser tratado de duas formas diferentes, que são através do reposicionamento do dente ou da extração de dente.

A decisão a respeito de como corrigir essa condição deve ser feita através da avaliação a respeito da quantidade de dentes.

Dessa maneira, quando o dente no céu da boca excede a quantidade de dentes que é normal se ter na boca, o ideal é realizar sua extração.

Porém, quando não excede o número de dentes ideal da quantidade total de dentes, há a possibilidade de fazer o reposicionamento do dente.

Sendo assim, o dentista utiliza aparelhos ortodônticos para realizar o reposicionamento do dente e colocá-lo em seu devido lugar.

Como evitar?

Como o dente no céu da boca é majoritariamente causado por problemas derivados da genética do paciente, é difícil evitá-lo.

Porém, quando a causa é a falta de espaço na arcada, é possível tentar preveni-lo com o uso do aparelho para abrir o céu da boca.

Mas pelo fato de ser uma condição hereditária, o aparelho para abrir o céu da boca pode não ser capaz de evitar o surgimento dessa condição

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são responsáveis por garantir que o dentista possa identificar o dente no céu da boca precocemente e iniciar seu tratamento o mais rápido possível.

Além disso, por meio das visitas regulares também é possível identificar o palato estreito, que futuramente implicará na falta de espaço na arcada.

Sendo assim, elas garantem a possibilidade de garantir que o tratamento do palato estreito possa ser realizado e assim garante a possibilidade de se evitar o dente no céu da boca.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Dente no céu da boca: confira mais a respeito dessa condição publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário