Dente torto: possíveis causas e como tratar

O dente torto é uma característica que incomoda muitas pessoas, pensando nisso foram desenvolvidos vários procedimentos a fim de corrigir os dentes tortos e os alinhar como o aparelho ortodôntico.

Neste texto vamos falar sobre quais as principais causas dos dentes tortos e os tratamentos que existem para solucionar este problema.

dentes tortos

Dente torto

Os dentes tortos ou encavalados podem ser causados por vários motivos, e o tratamento mais adequado para corrigir ou alinhar esses dentes pode mudar de acordo com as suas causas, a idade, condicionantes estéticas e severidade do problema.

Os dentes tortos além de causar um incômodo estético e afetar a aparência e harmonia do sorriso, também podem levar a problemas sérios de mastigação e fala, pois, dependendo da gravidade do problema as consequências podem acabar sendo muito graves.

Além de dente torto, é comum escutarmos vários outros nomes por parte das pessoas que sofrem com este problema, como dente inclinado, dente entramelado, dente torcido, dente encavalado ou montados entre outros.

O nome clinicamente que os dentes tortos recebem é de apinhamento dentário. Um dos principais motivos para o apinhamento dos dentes é a falta de espaço. Mas não somente ela, os dentes para a frente por exemplo, podem ser causados por essa falta e alguns outros motivos.

Principais causas do dente torto

Como já foi mencionado, o dente torto não tem interferência negativa somente na estética, ele ainda pode ser a causa de muitos outros problemas graves de saúde bucal e na rotina das pessoas.

Algumas pessoas que usaram o aparelho durante sua infância e adolescência, precisam retomar o tratamento depois de um tempo, por causa da movimentação que eles fizeram. Mas além desta causa, existem várias outras que levam as pessoas a terem dentes tortos.

Veja aqui alguns dos motivos que fazem os dentes ficarem tortos.

Herança genética

Você sabia que podíamos herdar os problemas de má oclusão? Isso mesmo, os dentes tortos podem ser algo herdado dos pais. Essa questão genética está muito presente nas características e formato dos dentes.

Por isso, é possível que os dentes tortos tenham sido sua herança.

Hábitos da infância

Outra possível causa dos dentes tortos são os maus hábitos na infância, como o de usar chupetas, mamadeiras ou até mesmo o de chupar o dedo, quando estes duram um longo período de tempo, podem contribuir para o surgimento de problemas no alinhamento dental.

Nestes casos, a criança deve fazer um acompanhamento odontológico desde cedo. O profissional vai atuar de forma preventiva, ensinando e orientando sobre cuidados com a saúde bucal, e ainda irá contribuir para a realização de tratamentos que possam ser necessários.

A respiração

Muitas crianças respiram pela boca, e este hábito pode levar ao desenvolvimento de dentes tortos. Caso perceba que ela respira constantemente pela boca, procure um médico especialista para te auxiliar.

Um odontopediatra, que é o especialista responsável por cuidar destes casos, deve acompanhar as crianças desde os primeiros anos de vida. Ele irá indicar os possíveis problemas como a respiração pela boca ou o uso de chupeta.

Além de orientar os pais da criança quanto aos procedimentos que devem ser tomados para evitar a má-formação dental.

Empurrar a língua entre os dentes

Outro hábito que também é um fator que favorece os dentes tortos é o de empurrar a língua entre os dentes, principalmente se for um hábito frequente. Ele pode causar danos a nossa arcada dentária, fazendo-se necessário um tratamento para alinhamento, junto a mudança de hábitos.

Bruxismo

O bruxismo também pode levar aos dentes tortos, ele é um distúrbio caracterizado pelo ato de apertar ou ranger os dentes de forma involuntária. O que poucos sabem é que, além do desgaste nos dentes que ele provoca, o problema ainda pode causar inflamação nas gengivas e desalinhamento dos dentes.

Normalmente, o desalinhamento em pacientes com bruxismo está ligado à uma má qualidade dos tecidos de apoio. Por isso, o problema geralmente aparece em longo prazo, não fazendo com que as pessoas o associem ao bruxismo.

Dentes em excesso

O desalinhamento também pode ocorrer devido ao número de dentes na boca e a dimensão deles. Estes fatores podem estar diretamente ligados ao desalinhamento dos dentes.

dente torto na frente

Como prevenir os dentes tortos

Por estar ligado a várias causas, existem alguns cuidados que ajudam a prevenir os dentes tortos. Separamos aqui alguns destes cuidados para te ajudar a evitar que seus dentes fiquem tortos.

Incentive a mastigação correta na infância

Realizar a mastigação de forma correta é fundamental, por isso é importante que as mães intercalam a alimentação pastosa dos bebês com uma comida mais sólida, para exercitar a mandíbula da criança.

A mastigação estimula o desenvolvimento facial, e favorece para que os dentes permanentes se acomodem na boca.  

Respire corretamente

Quando há a circulação de ar pela região nasal, o desenvolvimento da face é beneficiado. No entanto, existem pessoas que não conseguem respirar pelo nariz, por alguma patologia, o que faz com que elas não respirem da forma correta.

E existem aquelas que fazem a respiração através da boca por costume mesmo. Por isso, é importante buscar saber quais as causas desta respiração incorreta para que você não seja prejudicado, ao comprometer o alinhamento dos dentes e lhe trazendo consequências negativas.

Evite roer unhas

O nervosismo, ansiedade ou apenas por ser um costume, muitas pessoas têm o hábito de roer as unhas. E desta forma a ação de colocar os dedos na boca provoca um desnivelamento da dentição com o tempo.

Por isso, você deve evitar roer as unhas, e parar com este costume o quanto antes. E se o problema estiver sendo causado pela ansiedade, você deve procurar a ajuda de um psicólogo.

Não tire o aparelho antes do prazo para o fim do tratamento

Muitas pessoas por pensarem que o tratamento está demorando, acabam perdendo a paciência e tirando o aparelho antes do término do tratamento. Muitos ficam ansiosos para ver o novo sorriso, o que pode ser uma atitude muito ruim.

Desta forma, o aparelho não consegue realizar sua função por completo e o tratamento não consegue terminar, fazendo com os dentes voltem a se desalinhar e perdendo todo o resultado já alcançado.

Além disso, o dentista quando estipula um tempo para o término de seu tratamento, realizou toda uma avaliação de sua situação e usou essa avaliação para definir o tempo que você iria precisar usar o aparelho para alinhar os dentes tortos, por isso não tire seu aparelho antes do tempo.   

Faça um acompanhamento com o dentista

O acompanhamento com um profissional é sempre importante, em qualquer área, eles estão mais capacitados para solucionar os problemas e diagnosticar as suas causas. E na área da odontologia não é diferente.

E para reforçar a prevenção contra dentes tortos ou até mesmo realizar o alinhamento destes dentes, marque uma consulta com o seu dentista. O recomendado é realizar as visitas à clínica odontológica, ao menos, uma vez ao ano.

Uma prevenção correta contra os dentes tortos vai depender de você e de um profissional especializado em ortodontia. Mesmo seguindo todas as informações dadas acima, não deixe de consultar o dentista. 

O plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

Dente torto: possíveis causas e como tratar publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário