Dor de dente insuportável: confira aqui as principais causas

Algumas vezes, passamos por momentos em que sentimos uma dor de dente insuportável que parece durar uma eternidade e em alguns casos não passa mesmo após o uso de analgésicos.

Mas quais são os motivos dessa dor de dente? Confira quais são os principais motivos da dela e como tratá-las:

O que pode causar uma dor de dente insuportável e como tratar?

A dor de dente insuportável pode surgir devido a diversos fatores que vão desde a complicações da saúde bucal até impactos.

Além disso, nem sempre essa dor tende a ir embora com o uso de medicações, o que pode significar a presença de uma dor crônica ou uma situação que não foi resolvida através do uso de medicamentos.

Dessa maneira, é importante que o paciente saiba o que pode causar dor de dente e como cuidar de tais complicações.

Confira a seguir as complicações que podem causar uma dor de dente insuportável:

Cárie

A cárie é um problema causado por um acúmulo de bactérias na superfície do dente que com o tempo começa a corroer sua estrutura comprometendo-o.

Como a cárie é formada?

A principal causa da cárie é a má higienização dos dentes, pois quando a higienização é ineficiente, ela acaba deixando algumas partículas de alimentos presas aos dentes.

O que por sua vez gera um acúmulo de bactérias. Inicialmente, elas se acumulam sobre a superfície do dente formando um biofilme de bactérias chamada placa bacteriana.

Essa placa bacteriana acaba mudando a coloração dos dentes, tornando-os mais amarelados, e caso não seja tratada, pode se desenvolver para casos de tártaro e/ou dentes cariados.

Além disso, apesar de ser causada por bactérias, a cárie não é contagiosa, visto que todos nós já possuímos as bactérias responsáveis por ela em nossa boca.

Sintomas de dor de dente

Sintomas

A cárie é uma complicação que com o passar do tempo vai corroendo o esmalte dentário, que é a camada mais externa do dente, até chegar às camadas mais internas e comprometer toda a estrutura dentária.

Sendo assim, os sintomas associados à cárie dentária são:

  • Formação de pontos pretos no dente;
  • Presença de pequenos furos na estrutura do dente;
  • Dor de dente que piora ao ingerir alimentos doces, frios ou quentes;
  • Sensibilidade ao tocar o dente comprometido;
  • Inchaço e sensibilidade da gengiva.

Inicialmente a cárie não costuma causar nenhum tipo de sintoma, porém é importante visitar um dentista assim que perceber qualquer um dos sintomas acima.

Isso se deve ao fato de que ao se desenvolver, a cárie no dente pode acabar comprometendo toda a estrutura do dente.

Portanto, quanto mais cedo ela for tratada, maior é a probabilidade de que ela possa ser resolvida sem que o dente seja completamente comprometido.

Como é feito o tratamento?

A cárie é uma condição tratada em consultório odontológico. Quando está em seu estágio inicial, ela pode ser resolvida através de uma simples raspagem seguida de uma restauração.

Porém, quando se encontra em um estágio mais avançado e ela já atingiu a polpa do dente, é necessário realizar um tratamento de canal ou até mesmo extrair todo o dente.

Desse modo, para realizar tanto o tratamento de canal quanto a raspagem, o dentista remove todo o tecido comprometido pela cárie.

No caso da restauração, após a remoção do tecido comprometido, o dentista faz a restauração da estrutura do dente, de modo que ele reconstrua a parte do dente removida, devolvendo a estética e funcionalidade do dente.

Já no tratamento de canal, o procedimento é diferente pelo fato de o dente já estar com sua polpa comprometida.

Sendo assim, esse procedimento consiste na remoção completa do núcleo do dente, e logo após é feito o selamento da raiz dentária para evitar novos casos e em seguida faz-se o preenchimento do dente com resina para repor sua estrutura.

Como evitar a cárie?

Por se tratar de uma condição que é causada por maus cuidados de higiene bucal, é importante que o paciente mantenha bons hábitos de higiene bucal.

Dessa maneira, através de uma boa escovação dos dentes, uso do fio dental e realização das visitas periódicas ao dentista para realizar o acompanhamento e a profilaxia o paciente consegue evitar o aparecimento da cárie.

Porém, é importante lembrar que alguns pacientes possuem predisposição a desenvolver cáries, portanto, pode ser que mesmo prevenindo o paciente possa vir a desenvolvê-la.

Fraturas

Assim como o nome sugere, as fraturas são situações onde o dente tem parte de sua estrutura comprometida, seja trincada ou quebrada.

Como as fraturas ocorrem?

O dente quebrado pode ocorrer devido a impactos, bruxismo, cárie ou problemas de má-oclusão onde os dentes se encaixam de maneira errada.

Sendo assim, ao menor sinal de qualquer um desses problemas é importante buscar ajuda profissional para tratá-las antes que se tornem complicações severas, podendo levar os dentes à fratura.

Sintomas

O dente quebrado é conhecido por:

  • Causar dor durante ou após a mastigação;
  • Formar pequenas trincas nos dentes;
  • Deixar os dentes faltando um pedaço;
  • Inflamar e/ou inchar a região ao redor do dente.

Além disso, normalmente é bem fácil de identificar quando a fratura ocorre em algum dente da frente, porém nos dentes molares e pré-molares é mais difícil de identificar.

Sendo assim, é importante que o paciente fique atento caso perceba algum dos sintomas acima e procure atendimento odontológico se necessário.

Como tratar?

Geralmente, o tratamento da fratura dentária pode ser feito através do polimento, colagem ou, em casos mais severos, pode ser necessário fazer a extração do dente.

Bruxismo

Bruxismo

O bruxismo é um transtorno caracterizado pelo ranger ou apertar de dentes, que pode ocorrer tanto durante a noite quanto durante o dia.

O que causa o bruxismo?

O bruxismo não possui uma causa exata, mas existem alguns fatores que podem influenciar na sua presença, e eles são:

  • Ansiedade;
  • Estresse;
  • Tensão;
  • Apnéia do sono;
  • Má-oclusão.

Sintomas

Esse transtorno é responsável por:

  • Desgastes dentários;
  • Fraturas no dente;
  • Dores nos músculos e na ATM;
  • Dores de cabeça;
  • Estalos no ouvido;
  • Trismo.

Como tratar o bruxismo?

O bruxismo não possui uma cura definitiva, sendo assim, só é possível controlar seus sintomas.

Sendo assim, esse controle pode ser feito através da utilização de uma placa de bruxismo, que é um dispositivo que possui a função evitar o contato entre os dentes, e dessa maneira impede o ranger de dentes.

dor de dente insuportável o que fazer

Dor de dente insuportável o que fazer?

Ao sentir uma dor de dente insuportável, é recomendado tomar um analgésico ou colocar uma bolsa de gelo sobre o local para aliviá-la.

Porém, mesmo caso a dor seja amenizada através dessas ações, é recomendado buscar um dentista para que ele possa avaliar da maneira correta e identificar a causa dessa dor de dente. Isso é importante pois somente assim é possível tratar a dor de dente da maneira correta.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são responsáveis por garantir que o paciente possa relatar ao dentista qualquer tipo de dor insuportável que esteja sentindo.

Dessa maneira, o dentista é capaz de avaliar e identificar a causa do problema e iniciar o tratamento adequado.

Por meio delas, o paciente também consegue relatar qualquer tipo de sintoma anormal que ele esteja sentindo, e assim o dentista consegue iniciar o processo de avaliação para identificar os problemas.

Ele também consegue garantir que o tratamento de problemas como o tártaro e a cárie, sejam tratados logo em seu início, evitando que se tornem complicações severas.

Além disso, por meio delas também é possível efetuar a profilaxia, que é limpeza profissional dos dentes e deve ser feita de 6 em 6 meses para a manutenção da higiene dos dentes.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Dor de dente insuportável: confira aqui as principais causas publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário