Extração de dente: porque é importante, causas da extração e cuidados na recuperação

A extração de dente é um dos procedimentos feitos em clínica odontológica que são indicados em casos de grave danificação do dente.

Seja por causa de algum trauma ou dano por cárie, a extração pode ser o processo cirúrgico mais indicado para a reparação da saúde bucal.

Saiba como funciona o operatório extração, seu pós operatório, quais são seus riscos, tempo de duração e valor:

O que é extração de dente?

A extração de dente, ou exodontia, se trata de um processo cirúrgico em que é feita a remoção total da estrutura dentária. É um dos procedimentos primordiais e essenciais da odontologia.

São várias as causas que podem levar a recomendação da remoção do dente, entre eles a evolução de problemas bucais que desencadeiam prejuízos tanto estéticos quanto funcionais a arcada dentária.

Uma vez que o dente já não executa bem suas funções essenciais quanto à mastigação, fala e respiração, e esteja comprometendo o desempenho geral da mordida, a sua extração é feita e posteriormente ele é substituído por uma prótese dentária sob ou não a um implante.

Vale ressaltar que a extração pode ser feita em qualquer dente, seja ele canino, pré-molar, molar e incisivo. Em caso em que mais de uma estrutura está comprometida, há extração ainda pode ser feita e a reposição proteica pode ser feita em larga escala.

A extração de dentes geralmente é feita em pessoas adultas, decorrente da evolução de um problema de longos anos ou pela frequência de correções. No entanto, o processo também pode ser feito em crianças, nos dentes decíduos, temporários, ou dentes de leite, diante da evolução de cáries por má escovação ou devido acidentes.

Principais causas da extração de dente?

Entre as principais indicações para extração de dente estão:

  • Dente do siso;
  • Dente fraturado ou quebrado;
  • Dente desvitalizado ou com necrose pulpar;
  • Dentes com algum tipo de mobilidade.

Extração de dente siso

Extração de dente siso

Além da indicação diante de problemas bucais e de acidentes que danifiquem os dentes (dentes quebrados), a extração é um procedimento muito comum em meio ao nascimento do dente siso ou terceiro molar, seja superior ou inferior. 

Geralmente a remoção é feita tendo em vista alguns problemas iminentes, como a ausência de espaço para o crescimento do siso, desalinhamento (dentes do siso impactados), presença de infecção ao redor do dente ou do osso adjacente (periodontite), incapacidade de uma higiene adequada pelo paciente e indicações ortodônticas ou protéticas.

No entanto, a remoção do terceiro molar nem sempre é indicada, já que diante do espaçamento necessário para o desenvolvimento do dente, de sua saúde e boa higienização, o siso pode-se desenvolver normalmente sem comprometer a saúde bucal.

Por fim, a extração do siso, quando é necessária, pode ser feita em apenas uma sessão. O tempo do procedimento vai variar pela motivação e quanto ao posicionamento do dente na arcada dentária.

Como é o pós-operatório de uma extração de dente?

Mesmo que a cirurgia seja bem tranquila e feita sob anestesia, o pós-operatório não é tão simples e requer alguns cuidados para que certas complicações e reações negativas do organismo sejam evitadas.

Além disso, dependendo da técnica utilizada pelo dentista certos sintomas como inchaço, dor e sensibilidade podem causar o desconforto do paciente em meio ao tempo de recuperação.

Quanto à extração do dente de siso que geralmente ocorre entre os 17 e 21 anos do paciente, o risco de infecção após a remoção é de cerca de 10% e pode chegar a ser de 25% em casos de baixa imunidade e doenças. 

Com a infecção, o paciente também pode sofrer com o aparecimento de edemas, dor, febre e drenagem de pus no local. A região da extração pode ser preenchida por um coágulo de sangue ou por uma “alveolite seca”, levando a halitose e também causando desconforto intenso. 

Para o tratamento, uma abordagem com antibióticos prescrita pelo médico dentista e a drenagem da área é suficiente.

Como evitar inflamação após extração de dente?

Alguns cuidados são necessários para que a intensidade das complicações após a cirurgia sejam amenizadas. Cuidados quanto a higienização e alimentação são essenciais para uma recuperação mais tranquila e rápida.

No entanto, vale ressaltar que a forma como cada paciente reage ao procedimento é diferente, sendo algumas formas mais ou menos eficientes que outras. O tempo da recuperação também vai depender da reação em cada caso.

Veja quais são as medidas mais indicadas depois da extração estão:

Higienização adequada

A escovação após o procedimento deve ser feita de forma gentil e com cuidado, utilizando uma escova de cerdas macias e de cabeça pequena. A escovação deve ser feita dessa forma ao menos 2 vezes ao dia.

Além disso, a passagem do fio dental e o bochecho com o antisséptico bucal também devem ser diários. Quanto ao antisséptico, o enxágue deve durar ao menos 30 segundos e ser feita com um produto apropriado, à base de clorexidina e sem álcool. Evitar fazer o bochecho com muita força é contraindicado, já que pode provocar o deslocamento do coágulo, rompendo os pontos e levando a uma cicatrização irregular.

Repouso

Além dos cuidados quanto à higienização, é essencial que o paciente repouse depois da cirurgia. 

Nesse tempo, além do descanso, evitar exposição ao sol e ao calor do fogão ou forno por um certo período de tempo é importante para que a circulação sanguínea não seja estimulada no local operado, levando a sangramentos e possíveis infecções.

Evitar atividades físicas também faz parte do tempo de repouso, que deve ser estipulado pelo cirurgião-dentista.

Alimentação

Quanto à alimentação, vale ressaltar que nos primeiros dias é necessário que a dieta não seja composta por alimentos que exijam muito do sistema mastigatório. Evite alimentos muito duros, gosmentos e quentes e opte por alimentos mais leves, frios ou mornos, principalmente nos 2 primeiros dias.

Uma boa ingestão de água é indicada, evitando a execução de movimentos de sucção.

Maus hábitos

Outras práticas que podem dificultar a recuperação do local da lesão e aumentam o risco de inflamação e infecção. Fumar, por exemplo, é capaz de comprometer a recuperação do tecido.

Bebidas alcoólicas, assim como bebidas quentes, podem atrasar o processo de cicatrização da mucosa, intensificando o inchaço e o deixando durar por mais tempo.

O uso de canudos também é capaz de levar ao deslocamento do coágulo pela força executada, levando a episódios de sangramentos.

Remédio para tomar após extração de dente

Tendo em vista a dor intensa que o paciente está passando durante o pós-operatório, a indicação de medicamentos para amenizar a dor e o desconforto nesse período é sempre feita. Geralmente, é prescrito para o paciente o uso de antibióticos e anti-inflamatórios. 

Por sua vez, a medicação por antibióticos se inicia de 2 a 3 dias antes do indivíduo se submeter a cirurgia, tendo o seu uso prolongado de 5 a 7 dias do pós operatório, variando de acordo com o ritmo de recuperação do indivíduo.

A amoxicilina, antibiótico utilizado em meio a abordagem, tende a ficar no corpo por volta de 15 dias caso o paciente deseje realizar outra cirurgia.

Remédios caseiros como bochechos feitos com água morna e sal, de 2 a 3 vezes ao dia, após 12 horas do processo cirúrgico também são eficazes para que haja o controle de bactérias da boca, evitando infecções.

Também sendo uma solução de alívio, o uso de compressas de gelo podem amenizar o incômodo, já que ela favorece a contração dos vasos sanguíneos. Em casos de sangramentos, a limpeza com gazes pode ser feita durante o dia.

Massa branca após extração de dente, o que é

Massa branca após extração de dente, o que é?

Um relato frequente durante o pós-operatório da extração dentária é o aparecimento de uma massa branca sobre o local, que pode ir escurecendo com o tempo. Isso se deve ao acúmulo de placa bacteriana.

Nesse caso, o paciente deve-se atentar ainda mais quanto às boas práticas de higienização. Se necessário, uma visita ao dentista deve ser feita antes mesmo da retirada dos pontos para que a pessoa receba as orientações necessárias. Entre elas uma escovação adequada e o uso de um enxaguante bucal próprio para a situação.

No entanto, outro fato comum que pode estar ligado ao aparecimento dessa massa esbranquiçada é o processo de remodelação do tecido, que inicialmente pode ter essa coloração e com o tempo volta a cor natural. Mesmo aqui, a boa higienização deve ser mantida.

Extração de dente, quantos dias de repouso são necessários?

Depois da extração o paciente é orientado a fazer um repouso absoluto nas primeiras 24 horas, não saindo de caso sem ser realmente necessário. Depois de completado esse intervalo, se dá início ao repouso parcial nas 48h após.

Quanto a higiene bucal e a alimentação devem ser iniciadas algum tempo depois da cirurgia, seguindo as recomendações do dentista. Isso para evitar a movimentação excessiva do maxilar nos primeiros momentos. 

Qual o valor de uma extração de dente?

O valor de uma extração de dente vai variar de acordo com a sua motivação, quanto a técnica utilizada, quadro clínico do paciente, clínica e localidade.

Quando a extração dentária envolve o terceiro molar, o preço tende a ir de R$200 (duzentos reais) a R$300 (trezentos reais). Quando o dente a ser extraído corresponde a algum dos demais grupos de dentes permanentes o preço vai de R$100 (cem reais) a R$200 (duzentos reais).

Qual o valor de uma extração de dente

Visitas regulares ao dentista

As visitas periódicas ao dentista são essenciais para que haja a ação preventiva adequada dos problemas bucais por placa bacteriana, a sua percepção e tratamento precoce.

Uma vez feitas regularmente, essas visitas podem fazer com que complicações sejam tratadas em sua fase inicial. É também no consultório odontológico que o odontologista é capaz de lhe dar orientações pertinentes ao seu caso.

Não hesite em procurar seu dentista em casos de problemas bucais e em casos de acidentes que comprometam as funções da dentição e também sua estética. 

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários

Extração de dente: porque é importante, causas da extração e cuidados na recuperação publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário