Mucocele: o que é, quais suas causas, sintomas e tratamentos

A mucocele é uma complicação bucal que pode gerar um certo incômodo no paciente, além disso, algumas vezes ela pode ser confundida com outras situações.

Para saber mais sobre ela confira o artigo abaixo:

O que é mucocele?

A mucocele, que também é conhecida como cisto da mucosa bucal, é uma espécie de bolha que aparece principalmente na região dos lábios.

Suas causas geralmente são traumas repetitivos em determinada região da mucosa bucal ou por obstrução de alguma glândula salivar.

Desse modo, a mucocele diz respeito a uma bolha na boca que se forma em alguma mucosa da boca. Ela pode possuir até 3 centímetros de diâmetro e geralmente não causa dor.

Sendo assim, geralmente o incômodo proporcionado por ela costuma ser estético ou gerado pelo fato da bolha incomodar pelo seu tamanho.

Sintomas

Assim como dito anteriormente, a mucocele é uma espécie de bolha formada na mucosa oral, portanto, seus sintomas geralmente são:

  • Formação de uma bolha, normalmente esse é o sintoma mais perceptível devido ao fato de ficar mais aparente visualmente;
  • Ferida quando a bolha é estourada, apesar de durante a fase da bolha não ser comum que a cause incômodos, é normal que ela cause uma pequena ferida na região onde antes ficava a bolha quando ela estoura.

Portanto, seus sintomas são semelhantes aos da afta, sendo a maior diferença entre elas o fato de que a afta causa uma pequena úlcera enquanto a mucocele gera uma bolha.

Além disso, a afta normalmente gera um incômodo na região que pode causar dor e ardência, enquanto a mucocele não causa incômodo enquanto a bolha não estourar.

mucocele causas

Mucocele causas

As causas dela geralmente estão associadas ao hábito de morder as mucosas bucais ou outros traumas nessa mesma região.

Portanto, geralmente suas causas são:

  • O hábito de morder a língua, os lábios e/ou as bochechas;
  • Traumas na região da boca;
  • Algumas síndromes que afetam as mucosas;
  • Obstrução de canais de glândulas salivares;
  • Mal ajuste de próteses;
  • Feridas causadas por aparelhos.

Sendo assim, é possível perceber que a maior parte de suas causas está relacionada a impactos repetitivos na mesma região.

Como identificar?

Apesar de não causar incômodos como dores e ardência, ela é responsável por originar a formação de uma pequena bolha na mucosa bucal.

Portanto, é possível identificá-la a partir da presença ou não de uma bolha translúcida ou arroxeada em alguma mucosa da boca, como lábios, bochechas ou região sublingual.

Tipos

A mucocele é classificada em dois tipos que são diferenciados de acordo com sua causa e a faixa etária do paciente. Desse modo, os tipos em que ela se divide são:

  • Mucocele por extravasamento, refere-se ao tipo mais comum e geralmente está associada à faixa etária que compreende dos 10 aos 30 anos.

Além disso, o motivo pelo qual ela ocorre são os traumas repetitivos ou fortes na região da mucosa oral, que na grande maioria das vezes diz respeito ao lábio inferior.

Outros fatores que podem contribuir para o seu surgimento são complicações em cirurgias, alguma prótese dentária mal ajustadas e o uso de aparelhos ortodônticos;

  • Mucocele por retenção, por se tratarem de apenas dois tipos, levando em consideração o fato de que a por extravasamento é o tipo mais comum, essa costuma ser um pouco mais rara.

Geralmente ela ocorre em pessoas com idade acima de 40 anos e sua causa está associada a obstrução das glândulas e canais relacionados à ela. Isso acaba gerando a formação de uma bolha na região onde houve a obstrução.

Portanto, geralmente os tipos de mucocele são associados à obstrução devido a idade e o outro a traumas repetitivos na região das mucosas labiais.

Mucocele tratamento

Geralmente o tratamento da mucocele pode acontecer de maneiras diferentes, sendo que as mais comuns são a remoção cirúrgica.

Ela consiste na remoção da bolha feita em consultório, desse modo ela é removida de maneira que não cause complicações.

Mucocele sai sozinha?

Apesar de existir tratamento para a mucocele, normalmente ela tende a sumir sozinha, o que faz com que grande parte das vezes não seja necessário intervir em seu procedimento de cura.

Apesar de ser uma condição que tende a sumir com o tempo, é recomendado buscar atendimento com um profissional.

Isso se faz necessário devido ao fato de que a bolha na boca também é um sintoma de um tipo de câncer oral.

Por conta disso, é extremamente importante ficar atento a qualquer surgimento de qualquer sintoma anormal, assim como aparecimento de bolhas ou caroços no interior da boca.

Sendo assim, deve-se buscar atendimento com um profissional sempre que notar a presença da bolha e ela não apresentar nenhuma melhora com o passar do tempo.

Como prevenir a mucocele na boca

Baseando-se no fato de que a mucocele normalmente é causada por traumas repetitivos na mucosa bucal, é importante que o paciente evite o hábito de morder os lábios e bochechas.

Além disso, também é importante que o paciente não faça a sucção da boca, pois isso também pode causar a formação da mucocele.

A outra causa da mucocele é o entupimento de glândulas ou canais ligados às glândulas que impedem o fluxo da saliva, e isso acaba levando a formação da bolha.

Apesar dessa obstrução poder ser causada pelo hábito de morder as partes internas da boca, ela também pode ser causada pela idade avançada, e nesse caso não há como prevenir, visto que é algo natural.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista podem possibilitar ao dentista a possibilidade de identificar o surgimento de problemas relacionados à saúde oral, tais como a mucocele.

Portanto, por meio delas o dentista pode avaliar e identificar se a bolha realmente é resultado da mucocele ou se está relacionada a algum tumor maligno.

Por meio delas também é possível realizar a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e também é responsável por realizar a raspagem de tártaro.

Além disso, elas também servem para que o dentista possa orientar o paciente a respeito de bons hábitos de higiene bucal.

Essas visitas para efetuar a profilaxia devem ser realizadas 2 vezes ao ano, ou seja, num intervalo de 6 em 6 meses.

Elas também permitem que o dentista possa identificar a existência de qualquer tipo de complicação relacionada à saúde bucal e tratá-la logo em seu início.

Dessa maneira, o paciente pode resolver esses problemas o quanto antes, evitando que eles se tornem complicações mais severas e dificultem seu tratamento.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Mucocele: o que é, quais suas causas, sintomas e tratamentos publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário