Prótese parcial fixa: como funciona, tipos, indicações e cuidados

A prótese dentária é um dos métodos utilizados por pessoas que perderam seus dentes. A prótese parcial fixa serve para suprir a necessidade das pessoas que ainda não perderam todos os dentes.

A queda dos dentes pode ser causada por má higiene, hábitos parafuncionais, genética ou doenças que afetam o periodonto.

Conheça mais sobre a prótese parcial fixa aqui, indicações, benefícios, tipos, cuidados e possíveis complicações:

O que é prótese parcial fixa?

A prótese parcial fixa, também chamada de ponte fixa, é uma peça responsável por repor um ou mais dentes perdidos.

Ela é chamada de fixa por não poder ser retirada pelo paciente, sendo assim, só pode ser trocada no consultório odontológico.

Normalmente, a queda de dentes está relacionada a má higiene bucal, que pode causar o desenvolvimento de doenças bucais que comprometem a saúde do dente.

Quando o paciente perde os dentes, é recomendado que ele procure substituir os dentes faltosos. Isso pode ser feito pelo uso de próteses.

Existem vários tipos de prótese e elas podem ser fixas ou móveis e também parciais ou totais. A diferença entre ela é o número de dentes que repõem e o fato de serem removíveis ou não. 

A prótese parcial fixa pode ser feita para restaurar a coroa de um único dente, a chamada prótese fixa unitária, ou para substituir totalmente um ou vários dentes com a prótese parcial fixa.

Sua função vai além de apenas repor os dentes ausentes. Ela também devolve ao paciente sua autoestima, confiança e qualidade de vida.

Além disso, ela funciona como uma proteção para os dentes que ainda estão presentes e para a gengiva ao mesmo tempo também protege a estrutura óssea da arcada dentária.

como fazer uma prótese fixaComo fazer uma prótese fixa?

A prótese é colocada em pessoas que perderam um ou mais dentes para repor os dentes que foram perdidos.

Para a confecção da prótese é necessário uma visita ao consultório odontológico para avaliação do caso, que exigirá uma radiografia para obter informações mais precisas.

Após a análise do raio X, o dentista apresentará as possíveis opções de próteses para o caso em questão, assim o paciente pode escolher a que preferir.

Depois de o modelo ser escolhido, o profissional envia o pedido para o laboratório efetuar sua confecção.

Quando ela chega ao consultório, o profissional faz os ajustes finais para a prótese se encaixar perfeitamente.

Se porventura o paciente não possuir uma estrutura óssea forte o suficiente para suportar a prótese é feito um enxerto ósseo para suportar a prótese.

O mesmo ocorre nos casos das próteses fixadas por implante dentário. Nesse caso, após a instalação dos implantes é necessário um período de recuperação de 4 meses antes da fixação da prótese.

A prótese parcial fixa pode ser feita usando porcelana e resina com a estrutura em metal ou porcelana.

Quando colocar uma prótese fixa?

A prótese parcial fixa e móvel são utilizadas quando o paciente deseja repor um ou mais dentes que foram perdidos.

Já as próteses totais são usadas quando o paciente perdeu todos os dentes da arcada dentária e deseja substituí-los.

Quem pode colocar?

As próteses não são recomendadas apenas em casos de doenças periodontais e caso a estrutura óssea não consiga suportar a prótese.

Porém esses casos podem ser facilmente contornados visto que as doenças podem ser tratadas e pode-se fazer um enxerto ósseo para melhorar a densidade óssea.

Sendo assim, qualquer pessoa que tenha perdido um ou vários dentes pode fazer o uso delas.

Algumas vezes pode ser necessário fazer o alinhamento dos dentes antes de começar a utilizar uma prótese parcial fixa ou móvel.

Tipos de fixação próteses fixas

Com a evolução das tecnologias usadas na odontologia houve uma melhora na adaptação das próteses, além do desenvolvimento de novos modelos e aumento nas opções de materiais que podem ser utilizados na confecção.

Materiais de construção das próteses

As próteses parciais fixas podem ser confeccionadas com diferentes materiais, que são:

Prótese parcial fixa em metalo plástica: é feita de resina com sua estrutura de suporte feita em metal;

Prótese parcial fixa em metalocerâmica: é confeccionada utilizando porcelana e sua estrutura feita de metal;

Prótese parcial fixa em cerômero livre de metal (metal free): essa prótese é um modelo feito de porcelana e sua estrutura normalmente é feita de porcelana ou zircônia;

Como a prótese é fixada?

As próteses podem ser fixadas de diferentes maneiras, desse modo, sua fixação depende de seu modelo e também influencia em seu conforto.

Portanto, os possíveis métodos de fixação de próteses baseado em seus tipo são:

Prótese fixa unitária

Também chamada de coroa dentária, é um tipo de prótese utilizada quando o paciente perder alguma parte do dente e deseja restaurá-la.

Ela, além de devolver a estética do dente, protege o dente de possíveis novas fraturas ou infiltrações por cáries e promove o alinhamento deles.

Prótese fixa parcial provisória

A prótese provisória funciona como uma solução temporária utilizada para a recuperação de doenças periodontais e no período após a colocação de implantes ou enxertos ósseos.

Ela também é utilizada caso o paciente não possua uma estrutura óssea adequada para suportar a prótese fixa.

Essa prótese provisória é um pouco parecida com a contenção móvel tradicional por possuir uma placa de acrílico posicionada no palato.

Por ser um dispositivo provisório que será substituído por um definitivo, o que implica que a prótese provisória não é um dispositivo fixo.

Prótese parcial fixada por grampos

Essa prótese também é usada para substituir um ou mais dentes ausentes de modo que garanta a proteção da gengiva e aumento da autoestima.

Ela é presa por meio de grampos que podem ser feitos de metal ou, no caso de seu modelo estético, de algum material translúcido.

Prótese parcial fixa adesiva

Essa prótese é feita para repor um único dente faltoso e pode ser utilizada tanto em dentes posteriores quanto anteriores.

Ela é chamada de adesiva porque sua fixação é feita do mesmo modo que as facetas e lentes de contato dentais, ou seja, colada por meio de cimento ortodôntico.

O que acontece se não usar prótese?

A perda dentária pode acontecer devido a má higienização bucal ou como consequência de alguns tratamentos de saúde.

Além de prejudicar a estética e autoestima do paciente, ela pode causar prejuízos no periodonto e na estrutura óssea da gengiva. Pode também gerar problemas de má-oclusão, na fala e deglutição.

Desse modo, o uso de próteses pode ajudar a evitar todos esses problemas citados acima, pois ela funciona como uma proteção da gengiva.

dicas de higiene

Dicas de higiene

O fato dos dentes da prótese parcial fixa serem artificiais não significa que eles estão imunes a problemas como placa e tártaro.

Sendo assim é extremamente importante manter uma boa higiene bucal, e aqui abaixo estão algumas dicas para manter sua saúde bucal impecável:

  • Manter uma boa escovação dos dentes;
  • Usar o fio dental no mínimo uma vez ao dia;
  • É recomendado o uso de escovas interdentais para efetuar a limpeza das áreas de fixação da prótese;
  • Usar enxaguante bucal após o processo de limpeza bucal para uma limpeza complementar;
  • Ir ao dentista no mínimo duas vezes ao ano para efetuar a profilaxia.

Possíveis complicações

Podem haver alguns problemas gerados pela prótese parcial fixa que podem ser causados por erros na instalação, reações alérgicas ao material da prótese e pela má higienização do paciente.

o que é uma prótese parcial fixa

Visitas regulares ao dentista

É importante que para a seleção do melhor tipo de prótese dentária para você, as visitas ao dentista ocorram de forma periódica.

É pelas visitas regulares ao consultório odontológico que o dentista irá avaliar o seu quadro clínico e considerar as suas necessidades e particularidades para selecionar o tratamento ideal.

Por fim, a periodicidade das idas ao dentista são essenciais para a ação preventiva a problemas bucais e assim a perda dentária, evitando complicações futuras e surpresas desagradáveis.

Portanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Veja aqui qual o plano odontológico DentalVidas mais combina com você!

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários.

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Prótese parcial fixa: como funciona, tipos, indicações e cuidados publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário