Você sabe o que é hiperdontia? Saiba mais em nosso artigo

Nesse artigo falaremos mais sobre o que é hiperdontia, quais são suas causas, o que ela pode causar, como ela é tratada e mais.

Sendo assim, continue acompanhando nosso artigo abaixo para saber mais a respeito da hiperdontia:

O que é hiperdontia?

Sob condições normais, os seres humanos possuem uma determinada quantidade de dentes em sua boca, sendo 20 dentes decíduos e 32 dentes permanentes.

Quando a pessoa possui um número maior de dentes em sua boca é dito que ela possui hiperdontia. Logo, a hiperdontia se refere a uma condição em que o paciente possui dentes supranumerários em sua boca.

Essa é uma condição rara, portanto não são muitos os pacientes que são afetados por essa condição. Geralmente, as pessoas afetadas por essa condição tendem a possuir apenas um ou dois dentes supranumerários, porém há casos onde podem existir mais dentes.

Quais as causas da hiperdontia?

A hiperdontia é uma condição rara que causa o crescimento de dentes supranumerários no paciente e pode afetar tanto crianças quanto adultos.

Ainda não se sabe a causa exata da hiperdontia, porém acredita-se que ela esteja vinculada a fatores hereditários, ou seja, acredita-se que sua causa está associada a alterações genéticas.

No entanto, apesar de essa condição poder afetar qualquer pessoa independente de gênero ou idade, ela acontece com maior frequência em pessoas do sexo masculino.

Além disso, ela também ocorre com maior frequência em pacientes que sofrem de outras condições como fenda palatina, síndrome de Gardner, síndrome de Ehler-Danlos, lábio leporino ou displasia cleidocraniana.

Porém, é importante lembrar que essas condições são apenas situações onde é mais comum que a hiperdontia ocorra, visto que ela pode afetar qualquer pessoa.

Sintomas hiperdontia?

Geralmente, as pessoas que sofrem com essa condição tendem a possuir um ou dois dentes supranumerários, e quando existem apenas poucos dentes geralmente não há muitas consequências.

Porém, em alguns casos, a hiperdontia pode fazer com que o paciente tenha mais que dois dentes além da quantidade ideal, pode causar alguns problemas, tais como impacção dentária, má-oclusão, comprometimento do crescimento dentário, apinhamento dentário, cistos e aumento do acúmulo de bactérias causado por dificuldade de higienização desses dentes.

Sendo assim, é importante procurar tratamento para essa condição o mais rápido possível a fim de evitar complicações derivadas dessa complicação.

como é feito o diagnóstico

Como é feito o diagnóstico?

A hiperdontia é uma condição que diz respeito à presença de dentes a mais na arcada dentária do paciente.

Sendo assim, o diagnóstico dessa condição pode ser realizado através da identificação de dentes supranumerários na boca do paciente.

Essa condição também pode ser identificada em raios X rotineiros, visto que através deles é possível visualizar se existe a presença de dentes a mais.

A realização de raios X rotineiros também garante a possibilidade da identificação dessa condição precocemente, dessa forma permite que o dente excedente seja removido antes que possa causar maiores complicações.

Como ela é tratada?

Os dentes a mais na boca do paciente devem ser avaliados por um dentista, visto que ele será capaz de verificar se os dentes extras estão trazendo algum prejuízo para o paciente.

Sendo assim, caso o dente venha a trazer algum prejuízo para o paciente, o dentista irá recomendar sua extração.

Logo, a correção da hiperdontia é feita através da remoção dos dentes a mais, que é feita através de uma pequena cirurgia realizada no próprio consultório odontológico.

Nos casos de hiperdontia infantil, o profissional pode optar por não recorrer a remoção dos dentes através de um procedimento cirúrgico, visto que por se tratar de um dente decíduo ele tende a cair naturalmente.

Após a remoção dos dentes supranumerários, caso tenha ocorrido algum tipo de desalinhamento dentário, o dentista irá recomendar que o paciente inicie um tratamento com um aparelho ortodôntico para efetuar a correção dos desalinhamentos.

Como um plano odontológico lhe auxilia a corrigir problemas de saúde bucal?

A melhor maneira de se evitar e tratar problemas bucais de modo precoce antes que eles se tornem problemas mais severos é através das visitas regulares ao dentista.

Sendo assim, as visitas regulares são responsáveis por garantir que o dentista possa avaliar o estado bucal do paciente para que possa-se identificar possíveis complicações e tratá-las precocemente.

Logo, o plano odontológico DentalVidas te auxilia a manter essas consultas, visto que ele consegue lhe oferecer descontos e até mesmo a cobertura em alguns casos.

Além disso, ele também te oferece a oportunidade de ser atendido a qualquer momento através dos atendimentos de urgência que são proporcionados pelo plano.

Contanto, o plano odontológico DentalVidas tem diversas opções para garantir mais qualidade de vida e um sorriso mais bonito para você e sua família.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

FAÇA SUA AVALIAÇÃO GRATUITA

Você sabe o que é hiperdontia? Saiba mais em nosso artigo publicado primeiro em http://dentalvidas.com.br/

Deixe um comentário